Análise do jogo Vampyr

Análise do jogo Vampyr

23 de Novembro, 2020 0 Por Matheus Souza

A história se passa em uma sinistra Londres durante a pandemia da gripe espanhola em 1918, você joga com Jonathan Reid que acorda em meio a uma pilha de corpos sem saber o que aconteceu, onde ele está e como chegou ali, ao se levantar ele percebe que algo de errado se passa com seu corpo e sente uma sede insaciável, ao andar alguns metros você se depara com uma mulher caminhando sozinha que ao te encontrar te abraça, porém sem conseguir se controlar Jonathan á ataca e suga seu sangue a matando, ao perceber o que aconteceu ele nota que sua vítima não era uma mulher desconhecida e sim sua irmã, ele tenta se explicar mas é imediatamente atacado por perseguidores . Agora ele precisa saber o que aconteceu com ele e o que aconteceu com Londres pois a cidade se encontra completamente destruída e a pessoas mortas pela gripe em todo lugar.

Gameplay

Vampyr é um jogo de ação e aventura em terceira pessoa que se passo em um mundo semiaberto onde você pode dividir o mapa de Londres em 4 distritos ou cidades.

O gameplays se divide em dois tipos que traçam a história até o final: o aspecto social e o combate, falando primeiramente do combate, você possui 3 barras no canto superior esquerdo da tela;

Barra de vida (verde): Onde diminui ao tomar dano e aumenta ao usar poção e sangue

Barra de stamina (amarela): Que diminui ao bater, correr ou desviar.

Barra de sangue (vermelha): Funciona basicamente como Mana e se gasta para usar habilidades especiais de vampiro.

Seus inimigos também possuem uma barra adicional além da barra de vida, que é a barra de atordoamento que diminui ao bater e quando ela esvazia você é capaz de morder e sugar o sangue dos inimigos que aumenta o seu próprio sangue e enche um pouco da vida.

E como se evolui no jogo? Ao completar missões e matar inimigos você ganha XP e com isso pode desbloquear novos poderes e habilidades, mas para isso precisa achar um esconderijo (existem vários espalhados pelo mapa) onde na cama você consegue melhorar seu personagem ao fazer você dorme e o jogo avança para a próxima noite e assim você joga de noite após noite.

Você é capaz de equipar 5 habilidades e trocá-las quando quiser e o mesmo vale para suas armas onde se dividem em armas brancas e armas de fogo onde todas elas podem ser melhoradas no seu esconderijo. Ao caminhar pelo mapa e ao matar inimigos você encontra itens que podem ser usados para forjar novos utensílios e melhorar suas armas.

Aspecto Social

Todos os personagens do jogo estão dispostos a compartilhar suas histórias com você e as vezes pedir um favor assim você consegue as missões secundárias, porém a uma linha de missões principais que te levam a uma história mais linear, existem decisões a serem tomadas que influenciam outras partes do jogo no futuro e alguns chefes que você encontra pelo caminho.  Em cada distrito existe um número de NPCs que você pode conversar e liberar ou não mais missões, cada NPC tem algum tipo de ligação com outras pessoas em outros distritos e assim você consegue descobrir segredos e informações que te ajudam nas missões e investigações.

Pontos únicos de Vampyr

Jonathan é capaz de ver o nível de sangue de cada pessoa que encontra, fazendo favores de desvendando mistérios para essa pessoa o nível de sangue dela aumenta. E o que mais se destaca nesse jogo é o fato de que você pode mata qualquer NPC existente para ganhar muito xp, quanto maior o nível de sangue desse personagem mais xp você ganha ao matá-lo, ou você pode ajudar e administrar medicamentos para ajudar pessoas, fique em mente que ao matar NPCs o jogo automaticamente aumenta a dificuldade, é um balanço entre ganhar muito XP e dificuldade do jogo.

A atmosfera de Vampyr é algo espetacular, uma Londres sombria com monstros em cada beco e esquina e uma sensação de não saber o que vai encontrar quando dobrar uma rua ou entrar em um edifício.

Pontos negativos

Embora sejam poucos o jogo tem alguns aspectos que podem afastar alguns jogadores como por exemplo o diálogo, falar com personagens e ouvir suas histórias é uma grande parte do jogo e se você é impaciente e apenas rushar na história não terá forma nem habilidades o suficiente para avançar e ficará muito fraco, o jogo praticamente te obriga a fazer missões secundárias em busca de poder ou matar NPCs que são a maior fonte de XP do game e assim aumentando a dificuldade.

Outro problema é a locomoção a história de Vampyr é praticamente você correndo de distrito a distrito, no início isso é uma das melhores partes do jogo mas ao final se torna monótono já que você que fez um mesmo percurso 100 vezes e o jogo não tem Viagem rápida te forçando a corres sem parar para cada canto do mapa mesmo que você já tenha ido lá várias vezes.

Nota final

O jogo tem uma história incrível e um gameplay bem fluido, pontos negativos não influenciam tanto no geral do jogo. Sendo assim um excelente jogo que vale muito a pena você jogar, finalizando em média em 15h de gameplay. Um sólido 9/10.