Análise do jogo Luigi’s Mansion 3

Análise do jogo Luigi’s Mansion 3

28 de Novembro, 2020 0 Por Super Lion World
Ficha do Jogo:
Plataforma: Nintendo Switch
Gênero: Ação, Aventura
Data de lançamento: 31 de outubro de 2019
Publicadora: Nintendo
Número de jogadores: até 2 jogadores
Número de jogadores (online): até 8 jogadores
Número de jogadores (comunicação local sem fio): até 8 jogadores
Idiomas: Inglês, Francês, Espanhol, Japonês, Italiano, Alemão, Holandês, Chinês.

É hora da faxina!
Prepare seu Poltergust G-00 e descubra essa aventura incrível no Nintendo Switch!
Origem do game:
Luigi está de volta em Luigi’s Mansion 3! Após a estréia da franquia em 2001 para o Nintendo Game Cube, o game recebeu uma sequência para o portátil Nintendo 3DS em 2013, intitulado Luigi’s Mansion: Dark Moon e em 2019 a série recebeu o terceiro game , dessa vez para o Nintendo Switch, trazendo a mesma essência dos jogos anteriores, mas agregando muito conteúdo de qualidade e inovando nas mecânicas.
Nessa análise trarei tudo o que você precisa saber sobre o jogo pra te ajudar a decidir se vale a pena ou não adquiri-lo!

Apresentação e Menu

Ao iniciar o game pela primeira vez, já na tela inicial, somos apresentados ao The Last Resort, um luxuoso hotel em que os irmãos Mário e seus amigos receberam um convite misterioso para passarem uma temporada de férias. No menu temos a opção de iniciar o modo Story (campanha principal) e o modo multiplayer.

No multiplayer existem 3 opções de jogo: Story Mode (Cooperativo): Scarescaper e ScreamPark.

História

A história de Luigi’s Mansion 3 se inicia com Mario, Luigi, Polterpup (cãozinho fantasma que Luigi adota em Luigi’s Mansion: Dark Moon), Peach e três Toads viajando para uma temporada de férias em um luxuoso hotel com tudo pago. Sem pensar muito em como receberam esse convite, os irmãos resolvem se hospedar no hotel.

Adentrando o hotel, tudo parece inacreditável, limpo e organizado. Os hóspedes são recebidos pelos “funcionários” e pela dona do hotel, Hellen Gravely, com direito à uma recepção calorosa com muita comida, balões coloridos e tudo mais, para que os hóspedes que se sintam à vontade.

Já cansados da viagem, Hellen Gravely resolve os acompanhar até seus respectivos quartos para que descansem e possam curtir o hotel no outro dia. Porém, após pegar no sono (Luigi não demora muito pra capotar), o personagem acorda em meio ao que parece um pesadelo. O hotel passa de um lugar luxuoso e atraente para um hotel mal-assombrado! E pior, Luigi descobre que o convite para conhecer o hotel foi de um conhecido vilão da série (sem Spoiler de quem) e aprisiona seus amigos em quadros como forma de se vingar do aprisionamento que sofreu no final do game anterior. Luigi então deve dar um jeito para libertar seus amigos ao mesmo tempo em que lida com um monte de fantasmas.

Gameplay

Luigi’s Mansion 3, ao contrário dos outros jogos da série, se passa em um hotel onde cada andar possui uma temática diferente, trazendo uma ambientação rica em variedade e detalhes, como nunca antes visto num jogo da série. São 17 andares repletos de segredos, o que gera bastante revisitação, ainda mais se você coletar todos os colecionáveis do game (6 gemas por andar) e mais os Boos.

Falando em Boos, eles continuam desafiadores para encontrar e com nomes criativos, gerando uma “Booa” dose de humor no game, que tem essa característica como uma das marcas da série.

Outro detalhe é que, mesmo que você tenha finalizado um andar por completo, ainda haverá fantasmas para você capturar para ganhar aquela graninha extra e não deixar o ritmo do game cair.

Em relação aos puzzles, o game está repleto deles, e para você encontrar todos os colecionáveis vai levar umas boas horas para solucionar e encontrar todos eles.

Com relação à jogabilidade, Luigi se movimenta de forma bastante fluida, com controles simples que respondem bem e com a possibilidade de gritar (Maaario) que eu tanto amava desde o primeiro game (sim, eu sou o louco que fica fazendo Luigi gritar Maaario pelo hotel inteiro).

O único ponto fraco na jogabilidade pra mim foi a mira, que se torna um pouco atrapalhada principalmente se você precisa mirar para locais altos, mas nada que chegue a ser um verdadeiro incômodo.

Uma das novidades do game e que me agradou bastante foi a possibilidade de controlar Gooigi, uma forma “Amoeba” do nosso querido herói. Com Gooigi podemos acessar diversos ambientes inalcançáveis com Luigi, sendo um personagem chave para a conclusão da aventura, além de ser uma experiência divertida para o modo cooperativo.

Aspirar fantasmas nunca foi tão gostoso quanto neste game, o sistema de captura é uma delícia de ser jogado e dessa vez temos a possibilidade de bater os fantasmas contra o chão, causando danos maiores e podendo atingir vários outros fantasmas ao mesmo tempo. Além da opção de sugar também temos a opção de afastar/arremessar objetos. O game também conta também com a Dark Light, que permite revelar portas e tesouros ocultos (experimente utilizar ela em cada sala para revelar várias surpresas escondidas).

Quanto às batalhas contra os chefões, elas estão muito bem equilibradas, indo de chefes fáceis até verdadeiros desafios, cada um com uma forma diferente de captura, sendo bem variados e altamente criativos, sendo um dos destaques do jogo.

Em relação ao menu, dentro da aventura principal, você tem acesso ao mapa do hotel com a indicação do objetivo, onde com o decorrer do game você pode comprar itens na loja do E. Gadd para mostrar a localização de cada Boo e gema do game, além de poder ter acesso ao modo cooperativo, obter dicas, configurações de jogo, caminho direto ao laboratório (onde pode comprar itens da loja, verificar colecionáveis, etc.) ou retornar ao menu inicial. O game também conta com um menu para conferir todas as conquistas.

Multiplayer

O modo multiplayer é divido da seguinte maneira:
Story Mode (Cooperativo): onde você pode jogar a campanha principal com um amigo no papel de Gooigi, personagem desbloqueado após 1 hora de jogo no Story Mode.

Scarescraper: onde até 8 jogadores cooperam para escalar o Scarescaper jogando em multiplayer local, online ou sozinho. É possível jogar até 2 jogadores por console, totalizando um máximo de 8 jogadores (4 consoles) no total. Essa opção também só ficará disponível quando você obter Gooigi do Professor E. Gadd no Story Mode após cerca de 1 hora de jogo.

ScreamPark: nesse modo você pode se aliar com outros jogadores para competir em batalhas de minijogos! Este modo permite até 8 jogadores em 1 mesmo console.

O multiplayer neste game realmente vale a pena, sendo uma excelente adição ao game, com muito conteúdo, trazendo uma experiência muito divertida, tanto coop local, como com amigos offline e online, que alías está muito bom, não presenciei quaisquer problemas com conexão e nem lag durante minhas partidas.

Áudio

Luigi’s Mansion 3 conta com uma trilha sonora impecável, digna da qualidade Nintendo, tornando cada ambiente único, com um clima misterioso e ao mesmo tempo empolgante, criando uma atmosfera rica em detalhes sonoros, única para cada novo andar descoberto.

Visual

O visual do game está muito bem trabalhado, com ótimas texturas e com uma iluminação que consegue captar todo o clima de um hotel mal-assombrado ao mesmo tempo em que traz aquele aspecto fofinho, colorido e bem humorado da série Luigi’s Mansion.

Vale a pena?

Luigis’s Mansion 3 é um jogo que veio para fazer história dentro da Nintendo e nos mostra como a franquia é importante para a empresa. É um jogo original, com um estilo de jogo único, com personagens carismáticos, puzzles divertidos, segredos aos montes e um multiplayer fantástico.
Ao meu ver, os únicos pontos fracos do jogo seriam a mira, que poderia ser de mais fácil controle, e uma exploração um pouco repetitiva quando se tenta encontrar todos os colecionáveis pelo hotel, já que você pode ficar dando muitas voltas nos mesmos locais até encontrar todos os segredos.
O game tem uma duração boa, se tornando até longo quando se tenta encontrar todos os colecionáveis, e ainda se você somar a isso o modo multiplayer você adiciona muitas horas a mais de diversão.
Luigis Mansion 3 é um jogo para quem gosta de jogos de plataforma com muita exploração, segredos e boas doses de humor. Se você já curte jogos com essa pegada ou os outros jogos da série, não tem erro nenhum, vai fundo, porque esse game é um dos melhores disponíveis para o Nintendo Switch! Não só de Mario vive a Nintendo, e esse game é a prova de que seu irmão tem muito potencial para ser explorado.