35 Anos da Série The Legend of Zelda

35 Anos da Série The Legend of Zelda

17 de Fevereiro, 2021 1 Por Sylvie Cortegaça

Uma das franquias mais amadas pelos fãs da Nintendo está completando 35 anos dia 21 de fevereiro e para comemorar nós, do Revolution Arena, preparamos um post super especial destrinchando toda a Timeline de The Legend of Zelda!

A série The Legend of Zelda possui, até fevereiro de 2021, 20 jogos oficiais lançados! é muita coisa, eu sei, e no meio disso tudo tem uma timeline onde todos os jogos se encaixam! se você quer entender melhor toda essa história, fica aqui no post que eu te explico direitinho toda essa confusão que o Link e a Zelda enfrentam!

A lenda das Deusas e do Héroi

Tudo começa com a criação, segundo lendas antigas, o mundo foi criado por 3 deusas, Din a deusa do poder que criou a terra, Nayru a deusa da sabedoria que criou a ordem e Farore a deusa da coragem que criou a vida.

Após a criação do mundo, essas três deusas deixaram para trás a Triforce, um objeto composto por 3 triângulos, que continha o poder da deusa Hylia e aquele que possuir as três virtudes das deusas criadoras tem um desejo concedido pela Triforce, mas você deve estar pensando ” e se alguém que não possui uma dessas virtudes pegar a Triforce? ” bom, ela vai se partir em 3 pedaços e agora só reunindo novamente as suas 3 partes para obter o poder da completo!

Ao longo da historia de The Legend of Zelda teremos 3 personagens que representarão cada parte dessa triforce, eles são a Zelda representando a sabedoria, o Link representando a Coragem e o tão temido Ganondorf representando a Força!

A história de Hyrule

agora que você já sabe o início de tudo, a criação do mundo, vamos adentrar na história de toda essa saga.

O primeiro jogo da timeline é o Skyward Sword, lançado em 2011 para Nintendo Wii! muito tempo atrás o rei demônio Demise e todo o seu caos devastou terrivelmente a terra, no intuito de salvar os sobreviventes, a deusa Hylia enviou um pedaço de terra aos céus, além do alcance de Demise.

Hylia conseguiu derrotar Demise e selou a triforce em um templo junto aquele pedaço de terra enviado aos céus.

Anos depois, esse pedaço de terra chamou-se Skyloft e tudo que aconteceu na terra, se tornou apenas uma lenda!


No presente, o Link está prestes a realizar uma prova para se tornar cavaleiro, após passar na prova, uma coisa terrível acontece quando ele e Zelda, sua amiga de infância, estão comemorando o sucesso do Cavaleiro Link na prova! Os dois decidem ir voar e nessa aventura um tornado acaba levando Zelda de Skyloft para a, até então, abandonada Terra segundo as lendas antigas.

Link acorda em Skyloft e é levado à estátua de Hylia pela deusa da espada, Fi, lá ele prova ser o Héroi da profecia que irá destruir Demise, empunhando a espada!

O Herói desce para a superfície atrás de sua amiga Zelda, com a ajuda de uma mulher idosa, Link consegue achar Zelda, que está sendo protegida por Impa, porém, um novo vilão aparece, Girahim, o senhor demônio que quer libertar Demise! durante todo esse caos, Link consegue dar tempo para que Zelda e Impa, fujam para o passado através do templo do tempo.

Em seguida, O Herói parte numa missão de fortalecer a sua espada por meio dos desafios armados pelas deusas antigas e com isso, abrir um novo portal do tempo para ir ao encontro de Zelda

É agora que a história começa a fazer mais sentido, no passado a deusa Hylia, não conseguiu derrotar Demise, e durante a sua batalha perdeu suas forças, então, a deusa teve a brilhante ideia de criar a espada e reencarnar em uma mortal que pudesse encontrar alguém capaz de utilizar o poder da Triforce (só mortais podem possuir tal capacidade) e desejar a destruição de Demise.

Na batalha final, Link versus Demise, que acontece em um plano alternativo abaixo dos céus, o Herói sai vitorioso e absorve em sua espada a essência de Demise, infelizmente Link não foi rápido o suficiente para impedir Demise de lançar uma maldição, a partir daquele momento, todos os descendentes de Link e Zelda, serão amaldiçoados por sua fúria reencarnada, -você deve está pensando agora, “por isso que existem tantos jogos com vários Links e Zeldas diferentes”, é exatamente por isso!

Depois de toda essa aventura, Link vai com a Fi para terminar o selamento da espada, e com isso, colocando Fi em um sono eterno no pedestal do templo selado.

Link e Zelda retornam ao presente, deixando Impa, pois ela pertencia ao passado e precisava destruir o Portal do tempo, para proteger a Master Sword.

Os Jovens ao retornar ao seu tempo encontram novamente aquela Idosa que falei um pouco acima, e advinha? ela revela ser a própria Impa!

Com isso, Link e Zelda tomam a decisão de ficar na superfície e estabelecem juntos o Reino de Hyrule!

Exatamente assim, começa toda a saga do Herói e da Princesa que vai ser repetir por muitos anos, sempre fico impressionada em como a Nintendo conseguiu criar um começo que encaixasse tudo de forma perfeita!

A era do caos

” em um reino além da visão

o céu é dourado e não azul.

Lá, o poder da Triforce

torna os sonhos dos mortais realidade”

-Livro de Mudora

A era do caos se passa anos depois de Skyward Sword (a era dos céus), e envolve os eventos acontecidos na superfície, agora chamada de Hyrule em homenagem a deusa Hylia, seu povo era denominado Hylian e possuía características únicas, como orelhas pontudas, que segundo lendas, eram para ouvir as mensagens dos deuses, além de possuir um sangue mágico.

A paz reinava em Hyrule, até que as notícias a respeito do Reino Sagrado e a triforce se espalharam na terra, a triforce foi deixada no templo da luz, centro do Reino Sagrado, também conhecido como terra dourada ou Sacred Real em inglês, local onde as deusas Din, Farore e Nayru desceram na criação da terra.

Foi então que a era do caos começou, seguida por uma guerra travada entre Hylians cobertos de ganância, que procuravam possuir o poder da Triforce.

buscando dar fim a todo esse caos, Rauru, o sábio da luz, sela a entrada conhecida do Reino sagrado, juntamente com a Triforce, protegida pela Master Sword e as 3 pedras espirituais que eram a chave para quebrar a porta do tempo, só alguém que possuísse as 3 jóias sagradas e a Ocarina do tempo poderia quebrar esse selo tocando a canção do tempo, esses 4 itens foram dados as quatro principais raças de Hyrule para serem escondidas.

A era da prosperidade

A era da prosperidade ficou conhecida como o estabelecimento do Reinado de Hyrule e da família Real de Hyrule, composta pelos descendentes da deusa Hylia, encarregada de proteger o Templo do Tempo e a Triforce…

A era da Força

Na era da força, vamos ter o segundo jogo na linha Cronológica de The Legend of Zelda, The Minish Cap, lançado em 2004 para o GameBoy Advance!

Na era da força, criaturas do mal desceram a terra e trouxeram o caos para Hyrule, no intuito de salvar Hyrule das ruínas, a Raça Minish desceu dos céus e trouxe com eles a Lâmina Picori e a Força da Luz para ajudar o Héroi a derrotar o mal e restaurar novamente a paz em Hyrule.

O Herói dos homens selou todas essas criaturas em um baú com a Lâmina Picori, enquanto a Princesa de Hyrule incorporou a força da luz para impedir o seu mau uso.

A partir desse dia, todo ano era realizado o festival Picori, em comemoração a sua ajuda dos céus, lá era realizada uma competição de combate com espadas, na qual o vencedor teria a chance de tocar na sagrada Lâmina Picori.

Em um desses festivais, há exatos 100 anos após os terríveis acontecimentos citados, um misterioso homem chamado Vaati venceu esse torneio e se aproveitou do prêmio para libertar o selo do baú com todas a criaturas malignas e quebrar a lâmina sagrada, Vaati acreditava que a força da Luz estava contida dentro do baú, então ele transformou a princesa Zelda em pedra sem saber que na verdade, ela era a força da luz, e fugiu deixando o caos para trás.

No meio de toda essa confusão havia o Link, um jovem com habilidades especiais de ver o povo Minish, foi então que o Rei Daltus lhe deu a missão de ir atrás desse povo e recuperar a Lâmina Picori. Durante a sua jornada ao bosque Minish, Link conhece Elzo, uma espécie de de chapéu, que o ajudou a econtrar os Minish, ou, Picori como eles mesmo se chamavam.

Para reforjar a espada sagrada, o Ancião Minish instruiu o Jovem Link a recuperar os quatro elementos, ar, água, terra e fogo, pois somente na possessão desses elementos a lâmina poderia ser recuperada no Santuário Elemental, escondido dentro do castelo de Hyrule.

Vaati então descobre que a força da luz está, na verdade, incorporada na princesa Zelda, e envolve o castelo de Hyrule sob uma escuridão, enquanto se prepara para extrair essa força da jovem princesa. Link descobre o plano de vaati e vai em busca de derrotá-lo e salvar a princesa.

Após derrotar Vaati, o Herói recupera a princesa Zelda através do poder da Espada, já restaurada com os quatro elementos e que agora se chama espada quádrupla.

E é após toda essa aventura que descobrimos que Vaati era um Minish aprendiz de Elzo, o chapéu verde que falei mais acima, muito tempo atrás Elzo havia criado um Gorro capaz de conceder desejos, Vaati infelizmente usou essa magia para o mal e transformou o seu mestre em um chapéu, por isso Link encontra Elzo nessa forma, mas após ser derrotado, Elzo volta a sua forma original Minish e o gorro não pertencia mais ao Vaati, então a princesa de Hyrule, utiliza o gorro sagrado para desejar a restauração da paz nas terras de Hyrule e banir todo o mal que Vaati havia trazido.

A ressurreição do Mago do vento

Após os eventos de The Minish Cap, enquanto muitos acreditavam que o poderoso Vaati havia morrido, o Picori, que agora não lembrava mais desses tempos, se instaurou no Palácio dos ventos e se auto proclamou como Feiticeiro dos Ventos, foi então que Vaati, com o poder de controlar o vento, voltou a aterrorizar as aldeias de Hyrule.

Até que um dia, um jovem na posse da espada quadrupla (four sword), derrotou o mago em seu próprio palácio e o aprisionou na lâmina da espada sagrada, que segundo lendas, era capaz de gerar quatro clones daquele que a empunhasse.

Os aldeões gratificados por tamanha bravura, criaram um santuário, a fim de proteger a poderosa Four Sword!

A derrota do Mago do vento

Nesse ponto da linha do tempo, estamos adentrando na história do jogo Four Swords, lançado originalmente em 2002 para Gameboy Advance.

Muitos anos depois do aprisionamento de Vaati na espada, a princesa Zelda pressentiu que havia algo de errado no Santuário da Four Sword, então ela chama Link para irem juntos averiguar o local.

Ao se aproximarem do santuário, o selo de Vaati havia enfraquecido ao longo dos tempos, então o Mago se liberta e captura a Jovem Princesa, sem lembrar que nela habitava a poderosa Força da Luz, o seu objetivo era, na verdade, tornar Zelda a sua noiva e retornar para o Palácio do Vento.

Com toda a ação, Link desmaia e acorda com as vozes de 3 fadas dizendo “Abra seus olhos, jovem Herói”.

As fadas instruem Link a pegar a Four Sword e assim como diziam as lendas antigas, ele se dividiu em 4 versões suas.

Para chegar ao Palácio de Vaati, os quatro heróis precisam encontrar as Grandes Fadas, que irão conceder o acesso ao Palácio do Vento. Mas, como nem tudo são rosas, antes de entrar nesse local sombrio, os jovens precisam se aventurar pelo Sea of trees, Death Mountain e a Talus Cave para se fortalecer e serem capazes de derrotar o mago.

Depois de estarem preparados, Link e suas 3 cópias derrotam Vaati em uma grande batalha no Palácio do Vento e selam o mago mais uma vez na espada quádrupla.

A era do Herói do Tempo

Essa Era de grandes eventos para a saga The Legend of Zelda se inicia com a Guerra Civil de Hyrule, uma guerra de unificação, que ocorre no reino de Hyrule, antes dos eventos de Ocarina of time.

A guerra tinha dois lados, o grupo que apoiava os Goron e o grupo a favor dos Zora, ainda havia um terceiro lado que lutava pela neutralidade de Hyrule.

Ainda não se sabe ao certo o motivo dessa guerra, mas teorias dizem que os grupos buscavam o poder da Triforce que descansava no reino sagrado de Hyrule.

Durante a terrível guerra, um grupo de feiticeiros hylians, conseguiram adentrar o reino sagrado, mas logo foram impedidos pelos três espíritos da luz enviados pelas deusas sagradas, Nayru, Farore e Din. Esses espíritos selaram a sombra fundida, um poder utilizado por esses feiticeiros, e baniram os intrusos para uma outra dimensão, conhecida como Reino do Crepúsculo ( Twilight Realm).

Após derrotarem os feiticeiros, também conhecidos como interlopers, os espíritos da luz, dividiram a sombra fundida em 4 partes e espalharam-nas por Hyrule e o Twilight Realm.

A única forma de acessar essa dimensão paralela era através do espelho do crepúsculo, guardado pelos espíritos.

Voltado para o massacre da Guerra Civil, muitos foram mortos durante esse evento, a raça Sheikah foi quase extinta e para fugir desse mal, uma mãe fugiu com o seu bebê para a floresta Kokiri, infelizmente ela veio a falecer e teve que deixar seu filho sob os cuidados da Grande Árvore Deku, que sentia algo de especial no menino.

Depois de muito tempo, o grupo que lutava pela neutralidade de Hyrule saiu vitorioso e conseguiu unificar o reino de Hyrule sobre os poderes dos Hylians.

Agora, chegamos no jogo Ocarina of time, onde eventos importantes afetam diretamente a linha cronológica de The Legend of Zelda!

O bebê entregue à Deku Tree cresceu e se tornou uma criança diferente das demais, pois não era realmente um Kokiri e não tinha uma fada lhe acompanhando.

Um dia, O jovem Herói é acordado por uma fada chamada Navi, que traz um recado da grande Deku, após se preparar devidamente a criança e a fada vão até a Deku Tree.

Infelizmente a Árvore sagrada havia sido amaldiçoada por um homem perverso do deserto e estava falecendo, então com toda sua coragem o Link entra na Deku Tree para derrotar a fonte da maldição, o monstro Gohma.

Isso não foi o suficiente para quebrar a maldição lançada a Árvore Deku, ela dá ao Link a missão de levar a pedra espiritual ao reino de Hyrule, onde estava a Princes Zelda.

Chegando lá, a Princesa Zelda conta ao Jovem Héroi os planos do Maligno Ganondorf, chefe dos Gerudo, ele planejava obter os poderes da Triforce e instaurar o caos sobre Hyrule. Foi então que os dois joves tiveram a ideia de obter o poder antes do inimigo e para isso, Link precisava reunir as 3 pedras espirituais ( a chave da porta do tempo, como falei na Era do caos).

O Herói Link segue em sua aventura para conseguir as duas pedras restantes, mas o que ele não esperava é que ao voltar para o castelo com as relíquias em mãos, vê a princesa fugindo e sendo perseguida por Ganondorf, assim como em seus pesadelos. Durante a fuga, a Jovem princesa consegue jogar a Ocarina Do Tempo no poço do castelo!

Link então recupera a ocarina e junto com as 3 jóias sagradas, abre a porta do templo e retira a Master Sword do pedestal, porém como ele ainda era muito novo para enfrentar as garras do mal, o seu espírito fica selado no Templo da Luz por sete anos!

Durante esses 7 anos, o templo sagrado ficou desprotegido, Ganondorf sabendo disso, se apossou da Triforce, mas por possuir um coração em desequilíbrio, apenas a Triforce do poder ficou com ele, isso foi o suficiente para corromper Hyrule e o Reino sagrado, ondas do mal se instauraram por toda Hyrule e monstros infestaram os templos do sábios, que ficaram impossibilitados de ajudar o Herói do tempo.

Após 7 anos “dormindo” Link desperta sob a presença de Rauru, o Sábio da luz, que lhe dá o medalhão da luz e explica que para selar Ganondorf, Rauru precisa reunir todos os 7 sábios.

Saindo da câmara dos sábios, o jovem encontra o misteiroso Sheik, Sheik diz a Link que ele precisa explorar os 5 templos, a fim de salvar os sábios.

Depois de despertar os 5 sábios, e com os medalhões em mãos, Rauru diz a Link que ele precisa ir ao Templo do Tempo encontrar Sheik novamente. Chegando lá, Sheik revela ser, na verdade, a Princesa Zelda, portadora da Triforce da Luz e a sétima sábia, líder dos demais.

Zelda então explica sobre a divisão da Triforce a Link, e revela que a Triforce da Coragem havia sido confiada ao Herói, mas quando eles menos esperam Ganondorf aparece e sequestra a Princesa.

Os 6 sábios se juntam e fazem uma passagem para Link até o castelo do Príncipe das Trevas, superando todos os desafios no caminho, o jovem finalmente vai de encontro a Ganondorf, e o derrota após uma grande e árdua batalha.

O castelo então começa a desabar enquanto Link e Zelda correm para ser salvos, mas algo terrível acontece quando eles passam pela porta.

Ganondrof utilizou os restos do seu poder para se Transformar em sua forma original, o monstro Ganon, mais uma vez Link consegue derrotá-lo com a força da Master Sword e com a ajuda dos 6 sábios, Zelda aprisiona e envia Ganondorf para o Reino Sombrio, versão corrompida do reino sagrado devido ao coração impuro de Ganon.

Durante a sua selagem Ganondorf ainda estava em posse da Triforce do poder e jurou vingança a todos os decendentes de Link e Zelda!

No final dos acontecimentos de Ocarina of Time, a Princesa Zelda usa o poder da Ocarina do Tempo para retornar Link à sua infância e assim, Hyrule descansa novamente em Paz.

Se preparem, pois é agora que Linha do Tempo sofre Grandes mudanças!!

Ao contrário do que pensamos quando vimos o Final de Ocarina of Time, a vida do Herói viajante trouxe consequências e causou ramificações na história de Hyrule, com isso surgiram três realidades advindas de Ocarina of time.

Na batalha final, existem na verdade 3 possibilidades:

  • A realidade na qual o Herói é derrotado Pelo Ganon – Linha do Herói caído
  • A realidade na qual o Herói é vitorioso e volta a ser criança – Linha da Criança
  • A realidade sem um herói, pois após derrotar Ganon em ocarina of time, Link retorna ao passado, deixando essa timeline sem o Herói- Linha do Adulto

E a partir disso, vou te explicar os eventos cronológicos de cada realidade, pois a Nintendo criou diversos jogos em cada um desses contextos.

O declínio de Hyrule e o último Herói

Aqui vamos descrever os fatos que ocorreram nos jogos da Linha do Herói caído, nessa divisão da timeline o Link, destinado como herói do tempo, perde a batalha final de Ocarina of Time para o poderoso vilão Ganondorf, que obtém as três peças da Triforce, poder, coragem e sabedoria.

E é com esse poder concedido aqueles que possuem a triforce completa, Ganondorf se transforma no Rei demônio Ganon, com isso os sete sábios, selam Ganon junto com a Triforce, no Reino Sombrio/Dark World (Reino Sagrado corrompido por Ganondorf) para evitar danos maiores.

A Guerra do Aprisionamento

Esse evento se deu antes do jogo The Legend of Zelda: A Link to The Past! Como Alegria dura pouco, em Hyrule não foi diferente hahah após uma breve paz, a notícia de que a porta para o Reino Sagrado estava aberta logo se espalhou e muitos Hylians gananciosos foram atrás do poder da luz, infelizmente, eles não retornaram.

Essas pessoas que adentraram o Reino Sagrado, agora como Dark World/ Reino Sombrio, se depararam com o caos de Ganon e foram transformados em monstros para o seu exército do mal.

Logo, esse exército de monstros invadiu Hyrule, e travaram uma batalha contra os cavaleiros Hyruleanos, bravamente o Reino de Hyrule conseguiu ganhar tempo para os Sábios selarem novamente Ganon e seus aliados no Dark World.

Apesar da vitória, Hyrule sofreu grandes perdas, muitos cavaleiros deram suas vidas para proteger o povo Hylian, os sábios ficaram enfraquecidos e aquela grande Hyrule na Era do Herói do tempo, virou apenas uma lembrança.

A era da Luz e das Trevas

A era da Luz e das Trevas, contém os eventos de A Link to The Past, lançado em 1991 para o console Super Nintendo.

“Muito tempo atrás,

Lendas contam de um Onipotente e Onisciente

Poder de Ouro, em uma Terra escondida”

Após anos de paz, Hyrule foi novamente alvo do mal, e querendo acabar rapidamente com essas lástimas, o Rei de Hyrule ofereceu recompensa para aqueles que acabassem com tais infortúnios. Assim, surge uma figura chamada Agahnim, feiticeiro das trevas, que misteriosamente pôs um fim nas coisas que atormentavam o Rei, que o proclamou conselheiro chefe e sacerdote do castelo real, depois disso toda a Hyrule o associou a uma segunda vinda dos sábios sagrados.

Mas o que ninguém esperava, era que Agahnim usaria seus privilégios para destituir o Rei de Hyrule e mandar seis das sete donzelas, descendentes dos sábios antigo, para o Reino das Trevas/ Dark World.

O seu objetivo, era quebrar o selo do mundo das trevas e libertar Ganon, para que o Rei demônio Governasse os dois mundos, luz e trevas. A peça final era a Princesa Zelda, a sétima descendente que estava aprisionada no calabouço, A princesa desesperada, telepaticamente chamou Link ao castelo.

Relutante e contra as ordens do seu Tio, Link vai ao castelo e chegando lá se depara com os últimos suspiros de seu parente, o tio de Link antes de morrer o entrega uma espada e um escudo, revelando que Link era herdeiro dos cavaleiros de Hyrule.

Link bravamente resgata a jovem princesa e a deixa sobre os cuidados de um Sacerdote no santuário.

O sacerdote pede para que Link procure Sahasrahla, o ancião da vila de Kakariko, ao encontrá-lo o ancião diz ao jovem que primeiro ele precisa encontrar os 3 pingentes da virtude, e assim, se mostrar digno de empunhar a Master Sword escondida no bosque perdido.

Enquanto Link estava em sua missão, Agahnim encontra e sequestra a princesa Zelda, levando-a de volta ao castelo de Hyrule.

Link chega no exato momento em que o feiticeiro enviou a última descendente dos sábios para o Reino Sombrio. O jovem acaba derrotando o mago, mas acaba também aprisionado no Dark World pelos restos do poder de Agahnim.

O Dark Wolrd era uma versão distorcida do Reino Sagrado, tudo lá era uma versão alternativa do verdadeiro mundo, Link por exemplo tomou a forma de um coelho rosa, mas com a ajuda da Pérola da Lua obtida na torre de Hera, ele retornou à sua forma normal.

Outro artefato utilizado por Link era o espelho mágico, doado por um velho homem que ele resgata perdido na caverna, esse objeto permitia que o herói viajasse entre os dois mundos e com esse poder, Link salva as sete donzelas descendentes dos sábios!

Na segunda batalha contra Agahnim, Link, ao derrotá-lo novamente, percebe que ele era possuído pelo Ganon, quando o mago morre, o rei demônio sai de dentro do seu corpo e foge para a Pirâmide do Poder.

Ganon é finalmente derrotado por Link e o poder sagrado da Master Sword, revelando a Triforce dentro da Pirâmide, como o jovem tinha o coração puro, a Triforce concedeu o seu desejo de restaurar a paz em Hyrule novamente!

O Rei e o Tio de Link retornam a vida, Link coloca Master Sword de volta no pedestal do tempo e deixa a Triforce sobre os cuidados da Família Real.

Passando para o próximo jogo na Timeline temos Link’s Awakening, originalmente lançado para GameBoy e GameBoy Color, mas que também recebeu um Remake para Nintendo Switch!

Até um tempo atrás ficava depois de Oracle of Age e Oracle of Seasons na timeline, mas o site oficial mudou e trouxe ele após os acontecimentos de A Link to The Past.

A verdade é que Link’s Awakening não influencia diretamente na linha do tempo em Zelda, o jogo não deixa claro se aquilo realmente aconteceu, ou se foi apenas um sonho.

Mas, vamos lá! tudo começa com o Link tentando voltar para Hyrule em um barco, até que começa uma tempestade monstruosa e um raio atinge o barco de Link.

O barco é destruído e Link é arrastado pela correnteza até uma ilha desconhecida, o jovem acorda em uma praia, totalmente perdido e é recebido por uma garota chamada Marin.

Marin então conta para Link que ele está em uma ilha chamada Koholint e que não há nada além do mar, Link fica confuso, pois ninguém naquela ilha parece saber algo sobre Hyrule, Triforce e Ganon, outra coisa que lhe chama a atenção é o fato de Marin ser muito parecida com a Princesa Zelda.

Link fica abismado com tudo aquilo, mas consegue recuperar sua espada na praia, até que uma coruja estranha vai ao seu encontro e diz que Link precisa acordar o Wind Fish, guardião de Koholint, pois só assim o herói poderia retornar ao seu lar!

O Wind Fish estava sonhando dentro de um ovo enorme no monte Tamaranch e para acordá-lo, Link precisava coletar os 8 instrumentos das sereias, ele então se aventura pelas dungeons de Koholint atrás dos artefatos e o mais curioso é que o jovem herói nota algumas semelhanças de Koholint com Hyrule.

Link não sabia por que as coisas eram tão familiares, mas ao mesmo tempo tão estranhas, era como se ele estivesse vivendo um sonho…

Em uma de suas buscas pelos instrumentos das sereias, Link encontra um mural que revela o segredo de Koholint, tudo não se passava de um sonho criado pelo Wind Fish. A coruja estranha aparece novamente e diz que aquilo era apenas um boato, por isso que Link precisava acordar o Wind Fish para saber.

Com todos os instrumentos em mãos, Link sobe o Monte Tamaranch e toca a canção Ballad of the Wind Fish com sua Ocarina, o Ovo então abre uma entrada para Link.

Dentro do Ovo, Link percebe que tudo era realmente um sonho do Wind Fish, mas que na verdade, estava sendo controlado por uma criatura chamada Nightmare, o pesadelo. Link confronta então seus maiores pesadelos e sai vitorioso, após a batalha Link consegue encontrar o Wind Fish e toca novamente a Ballad of The Wind Fish.

Ao tocar a canção, Link finalmente acorda o Peixe, mas tudo que aconteceu em Koholint, assim como a ilha e seus habitantes, desapareceram…

O herói acorda em cima de um pedaço do seu barco destruído e fica muito confuso com o que aconteceu, ele escuta a canção novamente, mas dessa vez não era ele quem tocava, Link olha pro céu e vê o Wind Fish.

O jovem não sabe dizer ao certo se tudo realmente aconteceu ou se era meramente um sonho…

O desafio da Triforce

Após a derrota de Ganon lá em A Link to The Past, suas madrastas, as bruxas Twinrova, queriam reviver o poderoso Ganon e para isso, elas precisavam ascender a chama da destruição, a chama da aflição e a chama do desespero, junto com essas 3 chamas as bruxas precisavam realizar um sacrifício humano para completar o ritual, foi então que elas enviaram Onox, general das trevas, para Holodrum e Veran, feiticeira das sombras para Labrynna.

Ver a imagem de origem

Os eventos a seguir contam a história do jogo Oracle of Seasons, lançado em 2001 para GameBoy Color.

Tudo começa com Link sendo chamado pela Triforce, chegando na câmara o poder da Triforce transporta o Herói diretamente para Holodrum.

Chegando lá Link se depara com um grupo de artistas assistindo uma dançarina chamada Din, o jovem se diverte com os artistas, dança com Din, até que a dançarina é levada por um tornado!

Din

Din na verdade, era o Oráculo das estações e havia sido capturada por Onox e levada para sua fortaleza, deixando as estações em Holodrum em caos.

Com toda essa desgraça, o templo das estações cai na Terra, por isso as estações ficam completamente loucas em Holodrum.

Em busca de salvar Din e trazer a paz de volta a Holodrum, Link se encontra com a Maku Tree, que instrui o Herói a recuperar as 8 essências, pois só assim ele pode entrar na fortaleza de Onox.

No meio de sua aventura atrás das essências Link acha um portal que o transporta para um mundo subterrâneo, onde se encontrava o Templo das estações, lá o jovem de túnica verde, toma posse do cedro das estações e usa esse artefato ao seu favor para salvar o Oráculo Din.

Depois de seu sucesso derrotando Onox e libertando Din, as estações em Holodrum finalmente voltam ao normal, mas o que Link não esperava era que toda a destruição causada pelo General das Trevas, acenderia a chama da destruição.

Ver a imagem de origem

O desafio de Link não havia terminado, logo após a batalha Link é transportado para Labrynna e aqui começamos a história de Oracle of Ages, lançado em 2001 para GameBoy Color.

Em Labrynna Link se encontra com Impa rodeada de monstros, o herói corre para ajudá-la e derrotar os monstros, Impa pede mais um favor ao herói, que ele removesse uma pedra em seu caminho, Link remove a pedra com o símbolo da Triforce.

Seguindo o Caminho com Impa, os dois encontram com o Oráculo das Eras, Nayru, então, uma sombra saiu do corpo de Impa e possuiu o Oráculo, Impa estava possuída por Veran, a feiticeira das sombras, que fez com que Link a ajudasse a possuir o Oráculo.

Nayru

Com o poder de Nayru, Veran viaja no tempo para manipular a rainha Ambi a construir uma torre negra e assim causar o terror necessário para acender a chama da Aflição.

Link encontra com a Árvore Maku, guardiã de Labrynna, e mais uma vez Link precisa reunir 8 essências do Tempo, para desafiar Veran na Torre Negra.

Para reunir as essências, Link consegue a harpa das eras, que lhe permite viajar no tempo, para procurá-las.

com todas as essências em mãos, Link consegue derrotar Veran e libertar Nayru, mas infelizmente a chama da aflição já havia sido acesa.

Com apenas um chama faltando e um sacrifício, as bruxas Twinrova sequestraram a Princesa Zelda para usar em seu ritual e reviver Ganon. Link chega a tempo e derrota as bruxas, impedindo o sacrifício de Zelda, mas como última tentativa, as madrastas tentaram usar o próprio sacrifício para completar o ritual, trazendo Ganon como um animal irracional, devido ao ritual incompleto.

Link arduamente consegue derrotar Ganon e trouxe a paz de volta para Holodrum e Labrynna.

A Segmentação da Triforce

A divisão da Triforce vão estar contidos os eventos do jogo A Link Between Worlds, lançado em 2013 para Nintendo 3DS.

Tudo começa quando um bruxo, Yuga, ameaça a paz de Hyrule transformando os sete sábios da luz em pinturas. O héroi Link tenta impedir o Bruxo, mas não obteve sucesso, Yuga consegue reunir todas as pinturas com os sábios e sequestra a Princesa Zelda. Ele foge para o mundo invertido de Hyrule, Lorule!

Ravio

Link obtém um bracelete de um caixeiro viajante chamado Ravio, com o poder desse bracelete, Link consegue viajar para Lorule.

Infelizmente o jovem Link chega tarde demais e o bruxo Yuga, com o poder dos sete sábios, liberta o grande Ganon com o objetivo de consumir Hyrule e Lorule com o poder do Rei demônio!

Com o grande poder da Triforce da Força, Yuga e Ganon se tornam um só e apresentam uma grande ameaça aos mundos.

Hilda

Em Lorule, Link tem a ajuda de Hilda, a contraparte de Zelda naquele mundo! Hilda então segura Yuga ganhando tempo suficiente para que Link conseguisse reunir as pinturas dos sete sábios e despertar a Triforce da Coragem em si mesmo.

Ao retornar para batalhar contra Yuga, o jovem encontra Hilda que finalmente conta a sua história sombria, a muito tempo o Reino de Lorule também tinha uma Triforce, mas ela foi destruída por seus antepassados e com isso, uma onda de mal assolou o seu reino, foi aí que a própria Hilda, sabendo que havia uma Triforce em Hyrule, mandou o bruxo Yuga atrás dos sete sábios para obter a Triforce da luz, do quadro da princesa Zelda, e a Triforce da força do poderoso Ganon! ou seja, Hilda estava apenas manipulando o Herói para obter também a Triforce da coragem.

Então, Link trava uma batalha contra Yuga e sai vitorioso, é aí que Hilda aproveita o momento e ordena que Yuga lhe entregue a Triforce do poder.

O que Hilda não esperava, era que os planos do Yuga eram usar tal poder contra ela, transformando-a em uma pintura assim como os sábios, conseguindo a posse da Triforce da sabedoria.

Em uma batalha final, Link consegue derrotar Yuga, com a ajuda da princesa Zelda, que ao final volta ao normal, deixando de ser uma pintura.

Após todo esse alvoroço, Ravio, aquele que entregou o bracelete ao Link, aparece e revela ser a contraparte de Link em Lorule, a sua missão era proteger o reino de Lorule, assim como a princesa Hilda! ele pede encarecidamente que Hilda deixe Zelda e Link voltarem a Hyrule!

A princesa de Lorule, percebe o caos que ela causou e que na verdade, não era isso que ela buscava, ela estava apenas tentando ajudar seu povo! Com a ajuda do Bracelete de Ravio, Hilda retorna Link e Zelda para o seu mundo.

Chegando em Hyrule, a conexão entre Lorule e Hyrule é quebrada e Link e Zelda encontram a Trifoce inteira no lugar da passagem, Link mais uma vez, com o desejo de seu coração puro, restaura a Triforce de Lorule trazendo prosperidade de volta ao dois Reinos!

Com o fim de A Link Between Worlds, a prosperidade habita nos reinos de Hyrule e Lorule dando um fim a Era da Luz e das Trevas e iniciando a Era dos Heróis da Triforce.

A Era dos Heróis da Triforce

A Era dos Heróis da Triforce se incia com o jogo Triforce Heroes, lançado em 2015 pro Nintendo 3DS.

” Era uma vez um Reino chamado Hytopia,

No coração dessa terra obcecada pela moda, estava a princesa Styla

O povo amava a Princesa, mas a bruxa de Drablands desprezava o seu senso de moda…

Num belo dia, um presente chegou ao Reino, A princesa precisava abri-lo!

Mas isso era um grande erro…”

Assim que a fumaça se dissipou, Styla foi surpreendida por uma terrível visão com a voz da bruxa ecoando em sua cabeça ” a roupa perfeita para a princesa perfeita”.

Não importava o quanto tentasse, mas a nova roupa amaldiçoada não poderia ser retirada da Princesa Styla. Após esse acontecimento, a princesa acabou se isolando, o povo junto com o Rei ficaram angustiados, apenas o Herói escolhido poderia adentrar a terra da Bruxa.

O Rei então deu o chamado para as terras perto de seu Reino, e um corajoso rapaz apareceu…

Com isso, todos temiam ser amaldiçoados, e o Rei não descansou até achar o Herói que salvaria sua filha, segundo a profecia os Heróis da Triforce possuíam traços únicos, como orelhas pontudas, costeletas e cabelo partido e juntos, derrotariam o mal da Bruxa.

Link em uma de suas viagens, passa por Hytopia e é percebido por um aprendiz, que logo o reconhece como um herói da Triforce.

Pressionado pelo seu destino, Link se junta com os outros heróis escolhidos, e entra em Drablands para derrotar a bruxa, com sucesso Link libera a Princesa Styla de sua roupa amaldiçoada e salva o reino de Hytopia.

A Era Dourada

A história de Trifroce Heroes, assim como Link’s awakening não fez alterações e nem tem ligação direta com a Timeline de Zelda, agora vamos falar dos acontecimentos após a derrota de Yuga, lá em A Link Between Worlds.

Hyrule entrou em uma era próspera de de muita paz, a Era Dourada!

A Era do Declínio

A tragédia da Princesa Zelda

Quando o último Rei na posse da Triforce sentiu sua morte se aproximando, ele buscou alguém digno de possuir tal poder divino, infelizmente, a morte foi mais rápida e ele não encontrou ninguém, o que lhe restou foi dar ao seu filho, Príncipe de Hyrule, que não se encaixava nas requisições, as partes da Força e Sabedoria, deixando a terceira parte, a Triforce da Coragem escondida.

O Príncipe embarcou em uma busca pela terceira parte da relíquia, mas sem sucesso.

Um dia, um mago veio a encontro do príncipe e disse que sua irmã mais nova, Zelda, sabia o paradeiro da terceira parte, Zelda se recusou a contar sobre a Triforce da Coragem e em um ataque de Raiva, o Mago amaldiçoou a jovem em um sono eterno. O mago veio a falecer e tudo que restou ao Príncipe foi dor e angústia, ele então selou sua irmã no castelo e ordenou que a partir desse dia, todas as descendentes mulheres da monarquia Hyruleana se chamariam Zelda!

Como a Zelda, era a única com a informação da Triforce da Coragem, essa relíquia foi perdida e o Reino de Hyrule, sem o poder intacto da Triforce, não conseguiu mais governar, sendo dividido em consequência de tal lástima.

O ressurgimento do Mal

Anos após a tragédia, um exército do Mal atacou Hyrule, agora um reino pequeno devido a sua divisão, e tomou posse da Triforce do Poder.

Esse exército era liderado por ninguém mais ninguém menos que o Rei demônio Ganon, que havia sido revivido mais uma vez!

Assim, começam os eventos do primeiro jogo lançado da franquia, The Legend of Zelda, em 1986 para o NES.

Ameaçada pela ascensão de Ganon, a Princesa Zelda ( outra descendente, não mais aquela adormecida da tragédia) fragmentou a Triforce da sabedoria em 8 pedaços e escondeu por seu Reino, ela também ordenou que Impa, sua serva mais leal, a ir atrás de um homem corajoso suficiente para derrotar Ganon.

Impa, durante sua busca, foi cercada pelas hordas de Ganon, mais foi surpreendida por um menino que bravamente derrotou essa horda e a salvou. O Herói chamado Link, se comprometeu a ajudar o Reino de Hyrule e recuperou os 8 pedaços da Triforce da Sabedoria, escondidas por Zelda.

Depois disso, ele partiu corajosamente em direção a Montanha da Morte, onde se encontrava Ganon, Link destruiu o Rei Demônio, recuperou a Triforce do Poder e salvou bravamente o Reino de Hyrule.

O jogo em seguida na timeline é o Zelda II: Adventure of Link, lançado em 1987.

Apesar de Link ter derrotado Ganon, seus servos não descansavam atrás de causar o caos em Hyrule e reviver o seu mestre. Para isso, era necessário o sacrifício do corajoso jovem que o derrotou.

Enquanto isso, Link permaneceu no castelo, ajudando na restauração de Hyrule, até que próximo aos seus 16 anos, o Herói percebe uma marca semelhante ao símbolo de hyrule, em sua mão.

Ao mostrar para Impa, a serva então levou Link ao Castelo do Norte, e mostrou-lhe uma princesa adormecida, aquela não era a Zelda que Link conhecia, mas sim aquela que foi amaldiçoada a um sono eterno, a Zelda pertencente à tragédia da princesa no jogo 1.

Impa também explicou a Link que a marca em sua mão, na verdade, significava que ele era o herói escolhido para despertar a princesa zelda desse feitiço.

Link ficou determinado a tirá-la desse sono eterno e Impa confiou a ele os seis cristais e um pergaminho com escrituras antigas que o ajudariam a encontrar a terceira parte da Triforce e despertar a princesa.

Thunderbird

O pergaminho tinha a localização da Triforce da Coragem, chegando Grande Palácio, no Vale da Morte, Link precisava colocar os cristais em suas respectivas estátuas para adentrar no palácio.

Com isso, Link consegue adentrar o grande palácio e bravamente derrota o thunderbird.

Mas a batalha não havia acabado, Link agora precisa lutar contra a sua contraparte do Dark World, o Dark Link.

Após derrotar sua sombra, Link recupera a terceira parte da Triforce, e assim como em outros jogos, com a Triforce agora completa e seu coração puro, Link pode fazer um desejo e com isso, ele acorda a Princesa Zelda de seu sono eterno, além de impedir a ressurreição de Ganon.

É com Adventure of Link que se encerra a Timeline do herói caído, aquela em que Link perde para o Ganon em Ocarina of time.

A Linha do Tempo Infantil

aqui se encontram os fatos do final em Ocarina of Time que Link sai vitorioso, sela Ganon e retorna a sua época oroginal, encontrando a Princesa Zelda daquele tempo.

Link ao retornar pro seu tempo orginal, corre ao castelo de Hyrule para alertar a Princesa Zelda sobre a traição de Ganondorf, Zelda então entrega a Ocarina do Tempo a Link e pede para que ele viajasse para longe, a fim de impedir que Ganondorf conseguisse entrar no Reino sagrado.

Nesse momento, uma marca começou a brilhar nas costas da mão de Link, aquilo era a prova de sua coragem, uma vez que Ganon havia sido selado com a Triforce da Força e Link havia permanecido com a Triforce da Coragem quando retornou ao seu tempo.

Nesse momento entramos no jogo Majora’s Mask, lançado em 2000 para GameCube, recebendo depois um remaster para Nintendo 3DS.

Link pegou seu cavalo chamado Epona e partiu por meses atrás de sua companheira, a fada Navi, até que ele se perdeu em uma floresta misteriosa.

Skull Kid

Essa floresta, tinha algo de estranho, uma criatura chamada Skull Kid e suas duas fadas companheiras, roubam Epona de Link, assim como a Ocarina do tempo que estava no cavalo.

Link vai atrás dos ladrões, mas acaba sendo amaldiçoado pelo Skull kid e se transforma em um Deku Scrub, deixando uma de suas fadas para trás enquanto fugia.

A fada deixada para trás de chamava Tatl e insitiu para que o Deku Link o levasse em busca do Skull Kid e de seu irmão, a fada Tael.

Link acaba descobrindo a verdade sobre o lugar que ele se encontrava, quando se perdeu na floresta, Link foi conduzido a um mundo paralelo chamado Termina, que por sinal, estavam em apuros com a ameaça da Lua caindo em 3 dias que causaria sua destruição.

Seguindo caminho, Deku Link acaba encontrando o vendedor de máscaras feliz e descobre que o Skull Kid roubou uma de suas máscaras, a máscara de Majora!

Com esse artefato, Skull kid trouxe nada além de caos, transformou seus amigos e as divindades de termina, os quatro gigantes, amaldiçoou as quatro terras que os Quatro Gigantes criaram, e tirou a Lua de sua órbita para fazer ela bater na Cidade do Relógio em apenas três dias, e assim, destruir tudo em Termina.

vendedor de máscaras

O vendedor diz a Link que tem como trazê-lo ao normal, se ele conseguir recuperar a Majoras’s Mask e a Ocarina do Tempo em 3 dias.

Deku Link determinado a voltar a sua forma normal, parte em sua missão para a Cidade do Relógio e com a ajuda da Tatl e da Grande Fada, Link obtém informações de que o Skull Kid se encontra no topo da torre do relógio, além de receber uma graça da Grande Fada, o poder de soltar bolhas com a boca.

Nessa parte da história, Link, ainda na forma de um Deku Scrub, chega ao terceiro e último dia restante para impedir a queda da lua.

Deku Link finalmente chega ao topo da torre do relógio, a lua se encontrava muito perto da cidade, com aquele rosto assustador, Tatl pede para que o Skull kid devolva a máscara de Majora para o vendedor, mas ele não da ouvidos.

Buscando ajudar sua irmã, Tael, a fada que ficou com o Skull Kid fala para Link e Tatl irem libertar os quatro gigantes em seus templos, para impedir a queda da lua.

Durante esse tempo, Link agiu rápido e atacou o Skull Kid com as bolhas, fazendo com que a Ocarina Caísse das mãos do Kid.

Link toca a canção do tempo e lembra do seu passado, o pedido de Zelda e ela lhe ensinando essa canção antes dele partir, com o poder da música e da ocarina, Link volta no tempo, 3 dias antes de enfrentar o Skull Kid na torre do relógio.

Link volta no vendedor de máscaras, que lhe ensina a canção da cura, essa vai permitir que Link volte a sua forma normal com uma máscara Deku em suas mãos, ainda assim, o vendedor suplica a Link que ele recupere a Majora’s Mask, revelando que a máscara possui um poder antigo e apocalíptico.

Os gigantes são libertados e durante essa missão Link consegue mais máscaras, assim como aquela Deku, que permitem a ele se transforme em diferentes criaturas.

Durante essa jornada, Link volta no tempo diversas vezes, pois o prazo final era de apenas 3 dias e ele precisava se preparar para a batalha final, bem como coletar mais máscaras que irão o ajudar.

Chegando novamente no terceiro e último dia, Link sobe na torre do relógio mais uma vez para derrotar de uma vez por todas o Skull kid.

Lua

Skull kid tenta mais uma vez atrair a lua em direção a terra, mas Link age rápido e convoca os Gigantes que ele libertou e com toda sua força eles detém a queda da lua.

O que estava acontecendo na verdade, era que a máscara de Majora estava possuindo o Skull Kid para causar todo esse mal, quando o garoto não é mais útil, ela se separa do Skull Kid e vai em direção a lua.

Agora com a lua possuída, a máscara tenta consumir Termina, Link é transportado para outra realidade, pela própria máscara!

Após derrotar bravamente a Majora’s Mask, a lua retorna para o céu onde pertencia e salva Termina de uma grande destruição.

Com tudo seguro, Link vai conversar com o Skull kid e descobre que ele era o mesmo Skull kid a quem Link ensinou a Canção de Saria em Ocarina of time!

A história de Majora’s Mask termina, com Link partindo de volta a Hyrule com sua companheira Epona, infelizmente sem notícias de Navi.

Não se sabe exato o paradeiro do Link de Majora’s Mask, mas anos se passaram e outro Herói surgiu, o Link de Twilight Princess, jogo que conta os eventos a seguir

A execução de Ganondorf

Como Link contou os planos de Ganondorf para a Princesa zelda quando voltou no tempo em Ocarina of time, os sábios planejavam a execução de Ganondorf, Porém durante a sua execução, Ganondorf, escolhido pela Triforce da Força, conseguiu matar um dos sábios, e temendo o pior, o resto dos sábios utilizaram o Espelho do Crepúsculo para banir o Rei demônio para o Reino do Crepúsculo.

A História do Reino do Crepúsculo

Durante muito tempo, Hyrule exalava paz, até que pessoas capazes de realizar magia apareceram e começaram a tentar dominar o reino com tal poder. Para parar essas pessoas, os deuses mandaram quatro espíritos da Luz para selarem a magia dessas pessoas em sombras fundidas e então baniram eles pro Reino do Crepúsculo, onde se encontrava o poderoso Ganondorf. Esse pessoal que habitava o Reino do Crepúsculo ficou conhecido como o povo Twili.

Zant

No Reino do Crepúsculo, Ganondorf concedeu poderes ao Zant, um ambicioso, e em troca Zant deveria juntar O Reino da luz e do Crepúsculo, criando um Mundo de Trevas.

Zant, sob influência de Ganon, cobriu o Reino do Crepúsculo com Nuvens negras e transformou os Twili em demônios, assim como Midna, a princesa dos Twili, que amaldiçoada, fugiu para o Reino da luz.

A paz de Hyrule logo foi ameaçada com um intimato lançado à Princesa Zelda, Zant ordenava que a jovem se rendesse ou iria morrer, Zelda se rendeu e Hyrule foi invadida por uma tropa de demônios, toda a luz em Hyrule se tornou escuridão e aos poucos sendo transformada em Crepúsculo…

Em uma vila chamado Ordon, estava Link, que havia recebido a missão de levar um presente à Família Real de Hyrule, a espada e o escudo Ordon. Porém, no dia que Link deveria fazer sua entrega, ele e seus amigos são atacados por criaturas sombrias que sequestram as crianças da aldeia e o cavalo de Link, Epona.

Link vai atrás dos seres, e percebe que Hyrule foi quase inteiramente tomada pelo Crepúsculo, até que uma mão sombria puxa Link através de uma parede e tenta estrangular o jovem, mas Link era o escolhido, uma marca no símbolo da Triforce brilhou em sua mão e afugentou a criatura.

Em consequência da dominação pelo crepúsculo, Link é transformado em lobo e acaba desmaiando no processo.

Midna vê o Lobo Link sendo arrastado para as masmorras do castelo por outro monstro e percebe que aquela era a fera que salvaria o mundo, segundo as lendas antigas.

Wolf Link e Midna

Midna, ajuda o lobo Link a fugir do castelo e no meio do caminho, encontram a Princesa Zelda, que lhes conta toda a história que aconteceu com Hyrule, todos haviam sido transformado em espíritos.

Com ajuda dos espíritos da Luz, Link é capaz de voltar a sua forma humana ao recuperar as lágrimas de luz dos insetos das trevas, e ajuda Midna a juntar todas as 3 sombras fundidas, pois só assim poderiam impedir Zant.

Infelizmente, ao recuperar a última sombra fundida, Midna e Link são atacados por Zant, que coloca as mãos no artefato, mais uma vez transforma Link em Lobo e mata Midna, expondo a Princesa do crepúsculo ao espírito da luz, Lanayru.

O Lobo Link, pega o corpo sem vida de Midna e vai de encontro a Zelda, para que ela os ajudasse. Zelda diz que Link precisa ir ao bosque sagrado e tomar posse da Master Sword, isso quebraria sua maldição.

Mas a única forma de Link conseguir realizar tal tarefa, era com a ajuda de Midna, que se encontrava à beira da morte, então para salvá-la, a Princesa Zelda se sacrifica e abre mão de sua alma para que Midna pudesse viver.

A dupla então parte em direção ao bosque para recuperar a Master Sword, agora na posse da espada sagrada, Link consegue voltar a sua forma humana e possui a possibilidade de se transformar em lobo quando quiser.

Durante sua jornada Link aprende a usar a Master Sword com um fantasma, que muitos acreditam ser um Link de outros tempos, pois tais segredos de combates só eram conhecidos pelos heróis escolhidos na história de Hyrule. O herói fantasma havia vivido uma vida cheia de arrependimentos, por não ter sido um herói nesta linha do tempo, assim ele concedeu a sua sabedoria para seu descendente Link.

Seguindo sua jornada, Link e Midna precisam encontrar o espelho do crepúsculo, o único caminho para o Reino do Crepúsculo, mas o poderoso Zant foi mais rápido, quebrou o espelho em vários pedaços e os espalhou pela terra.

Para a sorte dos dois, os sábios disseram que o espelho não havia sido destruído completamente, pois só um verdadeiro governante Twili teria tal poder.

Link e sua parceira conseguem recuperar as 3 partes restantes do espelho, restauram o espelho e os sábios revelam que Midna era a verdadeira governanta do Reino Sagrado, não Zant!

A dupla então entra no Twilight Realm/ Reino do Crepúsculo e encontram o vilão Zant no Palácio do Crepúsculo, Link e Zant travam uma grande batalha com o herói saindo vitorioso. Aproveitando o momento, Midna recupera a Sombra fundida que Zant havia roubado e derrota-o de uma vez por todas.

Mas o pesadelo ainda não havia acabado, os sábios contaram a Link e Midna que na verdade Ganondorf se encontrava por trás de todo o plano, então para se libertar da maldição e salvar os dois mundos, a dupla precisava derrotá-lo.

Voltando a Hyrule, Ganondorf se encontra sentado no trono do castelo de Hyrule, sob posse do corpo da jovem Zelda, o Rei demônio possui o corpo da Princesa e força Link a lutar contra ele, Link apesar de seus sentimentos, derrotou a Princesa possuída e Ganondorf, em um ato de fúria, tomou a forma de uma besta.

Ganon

Link arduamente derrota Ganondorf em sua segunda forma, a besta demoníaca, Ganon.

Ganon de alguma forma, consegue voltar a vida e Midna, num ato de agradecimento revive a princesa Zelda e teletransporta ela e Link para fora do castelo, a fim de segurar Ganon com o poder da sombra fundida.

Infelizmente, Midna não teve a sorte de Link e perdeu sua batalha contra o Rei demônio e ele logo foi atrás de Zelda e o Herói.

Em uma última batalha, Link versus Ganondorf, Master Sword versus Espada das Trevas, o Herói consegue vencer bravamente mais uma vez, e diferente da outra batalha Ganondorf não consegue reviver, pois seu poder já não estava mais ao seu lado…

Em seu último ataque à Ganondorf, Link acerta um local crítico em sua barriga que exalava luz, com isso ele foi capaz de quebrar a maldição de Midna e possibilitar que os sábios trouxessem a Princesa das Trevas de volta à vida, agora em sua forma original.

Midna

Com a paz restaurada nos dois mundos, Midna, a verdadeira governanta do Reino do Crepúsculo, quebra o único portal que ligava os dois mundos, para evitar que forças sombrias desestabilizasse seu poder novamente.

Zelda, volta ao castelo, sendo reconstruído após as consequências da batalha contra Ganondorf, enquanto Link parte com Epona para fora da cidade…

A Era das Sombras

O último jogo da Linha Infantil de the legend of zelda é o Four Swords Adventures, lembrando que esse é a versão lançada para o GameCube, pois tem uma história diferente da extensão lançada para GameBoy.

Muitos anos depois da morte de Ganondorf, Hyruleanos e Gerudos, a tribo do Rei Demônio, se reconciliou e permaneceram em paz por um tempo, até que um novo Ganondorf nasceu entre os Gerudo, como dizia a maldição lançada por Demise lá em Skyward Sword.

Esse novo Ganondorf, era uma reencarnação do antigo Rei das Trevas derrotado pelo Herói da profecia, e seguiu o caminho de seu antecessor, ele roubou o tridente da pirâmide antiga e o espelho das trevas, do templo das trevas.

Esse espelho era capaz de refletir o coração de quem o possuísse, dando origem à criaturas malignas.

Com a posse dessas duas relíquias, Ganondorf criou uma contraparte de Link, o Shadow Link, com o objetivo de reviver Vaati, o feiticeiro dos ventos, que muito tempo atrás, havia sido selado dentro da Espada Quádrupla, a Four Sword.

Nuvens Sombrias começaram a cobrir Hyrule, o que deixou a Princesa Zelda bastante preocupada, então ela decidiu juntar as seis donzelas para renovar o selo da espada sagrada, mas o Shadow Link chegou no exato momento, sequestrou as donzelas e as escondeu por Hyrule.

Link, o herói escolhido, precisou tirar a espada quádrupla do pedestal, e como nas lendas, o herói se dividiu em quatro versões suas, mas tirar a espada tinha uma consequência, isso quebrou o selo e Vaati foi solto de sua prisão.

Enquanto isso Ganondorf usou o Shadow Link para abrir brechas no mundo das trevas e puxar os cidadões de Hyrule para lá, assim como os quatro cavaleiros de Hyrule, que foram transformados em Stalfos, suas versões malígnas.

Os quatro Links, descobrem que Ganon era o vilão da história, Vaati era apenas um fantoche que contribuía com o plano de Ganon para governar Hyrule.

Os Heróis, depois de salvar todas as donzelas e recuperar o espelho da escuridão, derrotam o Shadow Link e Vaati, partindo agora para a batalha contra Ganon. Link consegue derrotá-lo e sela o Rei Demônio na Espada Quádrupla para sempre.

Mais uma vez o mal saiu de Hyrule e todos ficaram salvos, graças ao Herói escolhido.

Bom, assim se encerram os acontecimentos da Linha do Herói criança, com a paz reinando em Hyrule novamente, com seus protagonistas Link e Zelda.

A Linha do Herói Adulto

A linha do tempo Adulta, é a última das ramificações criadas pelo final de Ocarina of Time, aqui a linha segue sem Link, pois após vencer Ganon na batalha final e seguido de seu selamento no Reino sagrado corrompido, o jovem volta ao seu tempo original, deixando o presente sem um Herói.

Essa Linha do tempo começa com o jogo WindWaker lançado para GameCube, mas também recebeu um versão HD para o console Wii U.

A Grande Enchente

Muitos anos após a partida do herói do tempo, o selo de Ganondorf começou a enfraquecer e o Rei demônio conseguiu escapar, utilizando a Triforce do poder, que havia sido selada junto a ele.

Ganondorf começou a colocar o seu plano de trazer o caos para Hyrule e destruir os sete sábios em prática, mas dessa vez, não tinha um herói do tempo.

O povo de Hyrule aguardou ansiosamente a vinda do herói, mas ele nunca chegou, então as pessoas começaram a rezar para as deusas sagradas um pedido de intervenção. Os deuses responderam suas preces e pediram para aqueles escolhidos a se refugiarem no topo das montanhas antes de inundarem Hyrule, mantendo Ganon e seu exército presos no tempo debaixo das ondas.

Os refugiados, se estabeleceram em ilhas no Grande mar, o pico das montanhas inundadas, deixando aquela Hyrule antiga e agora, inundada apenas nas lembranças.

A triforce da sabedoria foi dividida em duas, uma ficou com o Rei de Hyrule, e a outra com a sua filha Princesa Zelda, que foi escolhida para o novo mundo.

Os feitos de Link o herói do tempo, se tornaram apenas uma lenda, pois ninguém daquela época estava vivo para contar o que aconteceu com aquelas pessoas. A lenda foi sendo passada de geração em geração e em uma certa ilha, em homenagem ao herói, todos os meninos tinham a tradição de usar uma roupa verde ao chegar nos seus 16 anos, semelhante à roupa usada pelo herói da lenda.

A ilha da tradição se chama, Outset, onde um rapaz chamado Link mora com sua avó e sua irmã mais nova. Link havia acabado de completar 16 anos, e assim como a tradição da ilha, sua avó lhe deu de presente a roupa verde e a permissão de usar o telescópio de sua irmã.

Ao olhar no telescópio, Link vê um pássaro gigante, o Rei Helmaroc, carregando uma menina em suas garras, ele vê também um navio pirada perseguindo o pássaro, atirando pedras para impedi-lo.

Helmaroc

O Helmaroc, acaba largando a menina, chamada Tetra, Link a fim de ajudar a garota, consegue uma espada e parte para investigar a floresta onde a garota caiu.

Chegando lá, Link precisa derrotar monstros estranhos que nunca tinha visto e consegue recuperar Tetra, mas infelizmente ao voltar para casa, ele descobre que o pássaro, largou Tetra e levou a sua irmã mais nova, Aryll, em seu lugar.

Tetra chama Link para se juntar aos seus amigos piratas e irem até a fortaleza Abandonada para salvar Aryll, chegando na fortaleza, o Rei Helmaroc estava lá e acabou sequestrando Link enquanto ele tentava salvar Aryll de sua cela.

Helmaroc, estava trabalhando com Ganon, isso mesmo, ele foi revivido do fundo dos mares e agora sequestrava todas as garotas de orelhas pontudas, na esperança de que uma delas fosse a Princesa Zelda que carregava uma das partes da Triforce da sabedoria. Achando que Link era apenas mais um garoto inútil, Ganon dá as ordens de que o pássaro o jogasse no mar, mas por sorte, O barco, Rei dos Leões Vermelhos, resgatou Link e o levou para uma ilha comercial, Windfall.

O barco que resgatou Link era um tanto incomum, ele falava e isso de início assustou o herói, mas o Barco revela que está lá para ajudar Link em sua missão.

Depois de comprar uma vela nova para o Rei dos Leões Vermelhos, o Barco falantes diz a Link que eles precisam ir em uma ilha chamada Dragon Roost, para recuperar um tesouro perdido.

O jovem Herói consegue recuperar o tesouro, a pérola de Din e consegue obter o Wind Waker, uma espécie de bastão mágico que ajuda o seu portador a conduzir as vozes dos céus. Ainda na Ilha de Dragons Roost, Link encontra uma pedra com umas escrituras antigas, ele segue os movimentos descritos na pedra com sua Wind Waker e chama um dos deuses dos Ventos, o deus revela que agora, com aquela melodia Link seria capaz de controlar os ventos.

Os dois viajaram através do Grande Mar, a fim de recuperar as outras pérolas das deusas para abrir o portal para Hyrule e tomar posse da Master Sword.

O castelo de Hyrule se encontrava congelado no tempo devido a enchente, todos os seres lá estavam congelados em suas posições e tudo era sem cores, mas após tirar a Espada Sagrada do Pedestal, O castelo volta ao presente, colorindo novamente tudo e todos, mas lá também haviam inimigos, então Link derrotou-os com a Master Sword e retornou à superfície.

Com a Espada Mestra em mãos, após ter provado a sua coragem na torre dos deuses, Link retorna à Fortaleza Abandonada e descobre que seus amigos piratas haviam sido sequestrados também.

Link primeiramente derrota o Rei Helmaroc e parte para o confronto contra Ganon, porém é derrotado, pois ao remover a Master Sword Link quebra de vez o selamento de Ganon, tornando-o completamente poderoso.

Tetra

Tetra tenta ajudar Link, mas acaba revelando para Ganon que ela portava um dos pedaços da Triforce do poder, bem na hora que Ganon ia reagir aparecem o Principe Komali e Quill para levar Link e Tetra embora, enquanto o Dragão Valoo, destrói a fortaleza, mas Ganon era forte demais para ser destruído.

Link e Tetra são levados para Hyrule, e descobrem a verdadeira face do Rei dos Leões Vermelhos, ele era o Rei de Hyrule e Tetra era sua descendente, Princesa Zelda, então aquele colar em seu pescoço, era um pedaço da Triforce da sabedoria que havia sido dado a ela por sua mãe.

O Rei assume que há algo de errado com sábios para o poder da Triforce ter falhado, Link então parte em uma missão e descobre que os sábios do vento e da terra foram assassinados pelos aliados de Ganon, agora, Link precisa ir atrás dos descendentes desses sábios.

Ele despertou Medli como a Sábia da Terra e Makar como o Sábio de Vento e com suas orações os sábios restauraram o poder da Espada Mestra.

A próxima missão de Link era recuperar a Triforce da Coragem, que havia sido separada em 8 pedaços, após a partida do herói do tempo em Ocarina of Time.

O Herói, agora, com a Triforce da Coragem e o poder completo da Master Sword, volta ao reino de Hyrule e descobre que Zelda havia sido sequestrada novamente, ele então parte para batalhar contra Ganon no topo de sua torre.

O sonho de Ganon havia se realizado, a Triforce do poder, da Sabedoria e a da Coragem no mesmo lugar, era o cenário ideal para ele conseguir se tornar Governante de Hyrule. O Rei Demônio, nocauteia Link, jogando a Master Sword para longe do Herói e junta as 3 partes da Triforce.

Ganon faz o seu desejo, mas antes que conseguisse tocar o artefato sagrado, o Rei de Hyrule é mais rápido e toca na Triforce desejando que o castelo de Hyrule sumisse para sempre e que seus descendentes pudessem construir um novo futuro acima dos mares.

Link aproveitou a distração de Ganon e partiu para uma segunda batalha, ele agora contava com a ajuda da Princesa Zelda e suas flechas de luz, que possibilitaram Link a Fazer um golpe na testa de Ganon com a Master Sword, transformando o Rei Demôio em pedra!

Hyrule foi novamente inundada com Ganondorf e o Rei de Hyrule, enquanto Link e Zelda voltam para a superfície.

A história de Wind Waker termina com Link e Zelda partindo no Rei dos Leões Vermelhos, que agora não falava mais, em busca de uma nova terra para chamar de Hyrule…

A Era das Grandes Navegações

A continuação dos acontecimentos de Wind Waker se dão com os eventos de Phantom Hourglass, os eventos acontecem diretamente e com os mesmos personagens.

Link e Tetra (Zelda), haviam saído para buscar novas Terras após derrotar Ganon em Wind Waker, meses depois eles acabaram chegando às águas governadas pelo Rei do Oceano para investigar os rumores de um Navio Fantasma, que atormentava aquelas águas.

Eles acharam o Navio Fantasma e Tetra pulou à bordo, certa de que eram apenas piratas mal educados, ela acabou sendo capturada e Link ao tentar salvá-la, caiu no mar.

Resultado de imagem para Phantom Hourglass  Oshus
Oshus

O jovem Link acordou em uma ilha chamada Mercay, sob a presença da Fada Ciela e seu avô Oshus.

Oshus diz a Link que ele precisa ir atrás de Linebeck, um capitão que estava preso no Templo do Rei do Oceano.

Linebeck diz a Link que aquele templo é maligno e que drena a vida de todas as coisas vivas que permanecerem lá dentro por muito tempo, o herói recebe a missão de recuperar os Espíritos do Poder, Sabedoria e da Coragem.

Após recuperar os Espíritos que na verdade eram fadas, Ciela inclusive era o próprio espírito da Coragem, as fadas ajudam Link a sobreviver no Templo do Rei do Oceano e recuperar um tesouro, a Ampulheta Fantasma, esse item permite que Link resista a drenagem do templo e fique vivo enquanto haja areia dentro da ampulheta.

Link e Linebeck partem em busca do Navio fantasma, chegando no Navio, a dupla derrota as 4 irmãs vilãs que estavam no Navio e descobrem que Tetra havia sido transformada em Pedra.

Bellum

O avô Oshus aparece, revelando que ele era o Rei do Oceano! Explicando também que o Monstro Bellum era quem estava causando todo o caos, ele havia surgido para drenar a força vital de todos os seres vivos e a única coisa capaz de matá-lo seria a espada fantasma, forjada a partir dos 3 metais puros.

Após coletar os 3 metais e finalmente forjar a Espada Fantasma, Link vai até o andar inferior do Templo e derrota o monstro Bellum! Com isso, Tetra volta a vida com sua força vital e todos comemoram.

Infelizmente Bellum não estava morto como todos pensavam, o monstro surge do oceano e sequestra Tetra mais uma vez.

Link e Linebeck em seu Navio, conseguem alcançar Bellum no Navio fantasma.

O monstro consegue capturar Link deixando a Espada Fantasma cair, em um ataque de pânico, Linebeck pega a espada e ataca um dos tentáculos de Bellum, fazendo a criatura soltar Link e Tetra.

Bellum agora captura Linebeck, que em um último ataque joga a Espada Fantasma para Link.

Linebeck estava completamente possuído por Bellum, e Link precisava lutar contra ele.

Bellum é finalmente derrotado e com isso, Oshus retorna à sua forma real de Rei dos Oceanos, ele também explica que ao entrar no Navio Fantasma, todos haviam sido transportados para outro mundo.

Oshus devolve Link e Tetra para o seu mundo, que estranhamente só haviam se passado 10 minutos desde que Tetra havia pulado pela primeira vez no Navio Fantasma, fazendo Link suspeitar se aquilo não se passava de um sonho, mas o Herói carregava consigo a ampulheta vazia e avistou Linebeck indo embora no horizonte.

A Era do Renascimento de Hyrule

Tetra e Link finalmente se estabelecem em um pedaço de Terra, que chamaram de Nova Hyrule, lá eles fundaram um novo reino, onde todos os cavaleiros usavam roupa verde, assim como o herói nas lendas.

100 anos após os eventos de Phantom Hourglass chegamos no jogo Spirit Tracks, lançado para Nintendo Ds em 2009

Link se preparava para ser nomeado Maquinista de Trem, pela princesa Zelda, descendente de Tetra. Link no caminho para o Castelo recebe uma carta da Princesa, pedindo para encontrá-la, pois precisavam conversar sobre algo urgente.

Zelda diz a Link que os trilhos dos espíritos estão desaparecendo e que ela precisa de sua ajuda para chegar na Torre dos Espíritos, pois sente que há algo de errado. A princesa entrega a Link um uniforme de recruta para conseguir escoltá-la para fora do castelo.

Alfonzo

Link e Zelda contam com a ajuda de Alfonzo, os 3 juntos partem em um trem em direção a torre, mas ao chegarem lá se deparam com a torre sendo quebrada e logo são surpreendidos pelo Chanceler Cole, seu aliado Byrne derruba Link e Alfonzo enquanto Cole separa o espírito de Zelda do seu corpo.

Link acorda agora em um quarto, era o quarto da Princesa, lá estava o espírito dela, que estranhamente Link podia ver e ouvir, o espírito de Zelda explica a Link como Cole a traiu e roubou seu corpo e entrega ao Herói uma flauta, a Flauta dos Espíritos.

Os dois finalmente chegam à torre dos espíritos e encontram Anjean, a sábia Lokomo, ela conta para a dupla, sobre Malladus e o desaparecimento dos trilhos, a única forma de reverter isso era recuperando os mapas dos trilhos.

Anjean

Link e Zelda restauram a Torre dos Espíritos viajando por toda Hyrule, recuperando os mapas e quebrando as barreiras em cada templo para salvar o corpo da Princesa.

No topo da torre dos espíritos, eles encontram Byrne que havia ajudado Cole a capturar o corpo de Zelda, Link batalha contra Byrne, mas ele acaba fugindo para o altar, onde se completava a cerimonio, o Rei Demônio, Malladus havia, agora, possuído o corpo da jovem Zelda.

Byrne pede um desejo a Malladus, já que havia ajudado na sua ressurreição, o Rei demônio o ignora e foge com Chanceler Cole no Trem Demônio, voltando para o Reino das Trevas.

Zelda e Link voltam ao seu Trem para falar com Anjean e segundo a Lokomo, ainda há uma chance de derrotar Malladus, eles precisam recuperar o Arco da luz no Templo da Areia, o mesmo arco usado em Wind Waker para derrotar Ganondorf.

Com o arco em mãos, Link precisava arrumar um jeito de entrar no Reino das Trevas, é aí que Byrne decide ajudá-los, pois ficou com raiva de Malladus quando ele não cumpriu o acordo.

Anjean presenteia Link com a poderosa espada dos Lokomo, que agora está preparado para batalha contra o Rei Demônio.

Link e Zelda conseguem ir de encontro a Malladus e uma batalha insana em cima do trem demônio, eles conseguem separar o Rei demônio do corpo da Princesa Zelda, mas o pior estava por vir, Malladus possui o corpo de Cole e se transforma numa besta gigante.

Malladus

Claro que a dupla infalível consegue derrotar a criatura, cravando a espada Lokomo na cabeça de Malladus, que se dissolveu logo após o ataque.

Mais uma vez Hyrule estava a salvo, graças a bravura de Zelda de Link! Eles agora devem governar Hyrule e proteger novamente os trilhos dos espíritos…

Assim termina a Timeline oficial de The Legend of Zelda, com os descendentes daqueles jovens lá em Skyward Sword até o Link e a Zelda em Spirit Tracks fazendo o que foram destinados a fazer, salvar Hyrule do mal!

Os eventos descritos tiveram como base o livro Hyrule História e o site oficial da franquia!

Sobre o paradeiro de Breath of The Wild e Age of Calamity, tudo são ainda teorias, a Nintendo infelizmente não confirmou nada sobre como esses jogos se encaixam nessa Timeline um tanto confusa hahah.

Vamos aguardar para ver se teremos algumas novidades, nessa semana que antecede o aniversário de 35 anos de The Legend of Zelda! será que vem notícias do tão aguardado Breath of The Wild 2 ? ou quem sabe um jogo novo?

Se gostou dessa matéria especial 35 anos de Zelda, compartilha com aquele amigo que também é fã da Franquia, deixa um comentário e não esquece de nos seguir no instagram @revolution.arena para ficar por dentro das notícias na semana do aniversário!

Também, fique ligado! pois logo logo trarei uma matértia exclusiva com teorias sobre Breath of The Wild e Age of Calamity dentro da Timeline de zelda!