Análise do jogo 007: Nightfire

Análise do jogo 007: Nightfire

27 de Fevereiro, 2021 0 Por Markus
Ficha do jogo:
Data de lançamento do jogo original: 18 de novembro de 2002
Plataformas: Nintendo GameCube, Game Boy Advance, PC – Computador (Microsoft Windows, Mac), PlayStation 2, Xbox.
Avaliação:
Nota: 8,7

Comparando este aos jogos anteriores do 007 feitos pela EA, o jogo teve uma grande melhoria, mas não chega a ser um jogo nota dez como o 007 Goldeneye feito pela Rare para o console Nintendo 64.

O jogo está mais bem acabado, com gráficos melhores, diversão e som. Mas mesmo com tantas melhorias, ainda podemos encontrar alguns problemas das versões anteriores, os gráficos são bons, más não são muito detalhados, os rostos dos personagens não apresentam qualquer movimento, os vídeos ficaram com uma resolução baixa.

O controle é bom, bem fácil de usar e responde bem, neste quesito nenhuma reclamação, e o som 3D também está muito bom.

O jogo não tem nada de complicado, as armas são no estilo de 007, modernas e próprias de espião, como o relógio a laser, a caneta com dardos tranquilizantes.

Você pode pegar muitas armas, incluindo um lança mísseis que controla projéteis. Infelizmente os inimigos continuam muito lentos e não tem uma mira muito boa. Existem objetivos em que você terá que dar mais tiros e outros que você não poderá ser descoberto.

A modelagem de Bond, ficou a cara de Pierce Brosman.

O game está muito bom, mas existem algumas coisas que poderiam ter ficado melhores.